Quanto custa para remarcar a prova prática do DETRAN?

Quanto custa para remarcar a prova prática do DETRAN? Para quem foi reprovado no último processo de retirada da Carteira Nacional (CNH) essa dúvida é bastante comum. Portanto, o valor a ser pago costuma ser o mesmo do primeiro exame. O valor varia de acordo com o DETRAN de cada estado.

No DETRAN de São Paulo, por exemplo, esse valor é de R$ 37, 96. Já no Distrito Federal esse valor é de R$ 81,00. Como o valor varia, o mais indicado é pesquisar no site do DETRAN de seu estado ou até mesmo fazer esse questionamento na autoescola que você está fazendo o curso prático.

Vale ressaltar que a primeira habilitação vale por um período de 12 meses a contar da data de inscrição no  Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH).

Durante esse tempo, o candidato pode reprovar um número indefinido de vezes. Contudo, ao ser reprovado é preciso esperar um período de quinze dias para remarcar uma nova avaliação.

A cada remarcação, é necessário o pagamento de uma nova taxa.

Saiba mais sobre a prova prática do DETRAN?

Após o cumprimento da carga horária de 25 horas/ aulas, o candidato à primeira habilitação está apto para marcar o exame prático.

Nesse exame, o futuro motorista vai demonstrar ao instrutor suas habilidades e tranquilidade para dirigir e também aplicar na prática o conhecimento de legislação no trânsito.

Na primeira habilitação, o motorista pode tirar a CNH para dirigir motocicletas (A) veículos de quatro rodas de até 3.500 kg (B) e moto e veículos (AB).

Quanto custa para remarcar a prova prática do DETRAN?

Inegavelmente de ser avaliado na direção de um veículo é um momento de tensão para muitos candidatos. Assim, o nervosismo e a ansiedade pode ser um fator que pode causar reprovação. O exame para carros é composto por duas etapas, que são:

  1. Estacionar em vaga delimitada por balizas removíveis;
  2. Conduzir o veículo em via pública, urbana ou rural.

A etapa do estacionamento, que também é conhecida por baliza certamente é a mais temida pelo candidato. Para esse processo, é dada três tentativas para estacionar o veículo em uma área delimitada sem atingir as balizas removíveis. O tempo para fazer a manobra é de entre dois e cinco minutos.

No deslocamento do veículos, todos os pontos considerados necessários para conduzir o veículo com segurança serão analisados, desde entrar no carro e colocar o cinto e ajustar os retrovisores a ações como acionar a seta.

Todos esses detalhes serão perpassados pelo instrutor no momento das aulas de direção defensiva.

Já o exame prático para a categoria A é composto dos seguintes obstáculos:

1. Ziguezague (slalow) com no mínimo quatro cones alinhados com a distância entre eles de três metros e meios;

2. Prancha ou elevação com no mínimo oito metros de comprimento, com 30 cm de largura e 3 cm de altura com entrada chanfrada;

3. Sonorizadores com réguas de largura e espaçamento de 0,08 m, ou seja, 8 centímetros e altura de 0,025 m, que equivale a 2 centímetros e cinco milímetros, na largura da pista e 2,5 m de comprimento;

4. Duas curvas sequenciais de 90º em formato de “L”;

5. Duas rotatórias circulares que permitam que se faça manobra em formato de “8”.

Tanto para a categoria A quanto para a categoria B a resolução estabelece faltas eliminatórias que se cometidas acarretam em reprovação imediata e também outras faltas que atribuem pontos ao exame.

Quando há a soma de três pontos o candidato é reprovado.

A tabela de faltas é dividida da seguinte forma:

  • Falta leve: 1 ponto;
  • Falta média: 2 pontos;
  • Falta grave: 3 pontos;
  • Fala eliminatória: reprovação imediata.

Como vimos, o valor de quanto custa para remarcar a prova prática do DETRAN vai depender do estado que você está fazendo o seu processo de habilitação. Para evitar ter que repetir o exame prático e ter que pagar novamente a taxa, recomendamos fazer o exame com calma e tranquilidade. Pense que você já aprendeu tudo que é necessário durante as aulas e, caso ache necessário, faça aulas extras para ter mais segurança no processo.