Não passei no exame de vista do Detran: E agora?

Não passei no exame de vista do Detran: isso acontece mais do que você imagina, pode acreditar!

O teste de visão é um dos principais e mais importantes exames realizados durante o processo de aquisição da carteira de habilitação. Geralmente é realizado por um perito examinador e não necessariamente por um profissional oftalmologista, em uma clínica licenciada do Detran.

Confira a seguir o que acontece se você não passar no exame de vista e o que fazer para facilitar esse processo!

Exigências específicas de acordo com cada categoria de CNH

O exame de vista é fundamental. Afinal, sem um campo de visão nítido não há segurança no trânsito. Até mesmo um óculos de grau desatualizado pode ser responsável por acidentes. E geralmente as pessoas só vão ao oftalmologista quando precisa renovar a carteira de motorista.

Mas saiba que existem exigências específicas e critérios analisados no exame. Confira e fique preparado!

Categoria A e B: exigência de visão central igual ou maior do que 50% e visão periférica de 60º nos dois olhos, ou visão central de 66% e visão periférica de 120º.

Categoria C, D e E: exigência de visão central igual ou maior 66% e visão periférica de 120º em ambos os olhos. Nesta categoria não é aceito candidato com visão monocular e nem portador de estrabismo.

1 – Visão central

A visão central refere-se à imagem refletida diretamente na parte da retina. Geralmente é realizado um teste que examina visão de longe e de perto.

2 – Visão periférica

A visão periférica consiste na capacidade de enxergar objetos à frente e ao redor do seu campo de visão. É um tipo de visão que apresenta poucos detalhes quando comparado à visão central, mas que é tão importante quanto, principalmente na direção noturna, quando há pouca iluminação.

3 – Visão individual dos olhos

O teste de visão monocular é realizado mesmo em pessoas que enxergam com os dois olhos. No entanto, pessoas com visão monoculares podem conduzir veículos nas categorias A e B.

4 – Reflexo e ofuscamento

Este é um exame realizado que avalia principalmente a capacidade de reação em situações com baixa luminosidade, como por exemplo em pistas noturnas quando o condutor se depara com um veículo com faróis altos.

O teste mede a reação imediata e se há boa recuperação após um choque de ofuscamento direto.

Basicamente são esses tipos de exames, critérios e exigências do Detran na hora de realizar o teste de visão. Agora veja como proceder se você não passar nos testes!

Não passei no exame de vista do Detran: saiba como proceder!

ão passei no exame de vista do Detran

Eu também não passei no exame de vista do Detran. Mas tomei as providências necessárias para que eu fosse capaz de obter minha CNH com segurança.

Para dirigir é necessário ter no mínimo 50% de acuidade visual e um campo de visão de 120º, mas se você não conseguiu passar em qualquer tipo de exame, os instrutores provavelmente irão te encaminhar para um oftalmologista para a realização de novos testes.

Há um prazo determinado para que você retorne para refazer o exame de vista. Se você for diagnosticado a utilizar óculos, deverá levar o óculos para fazer o teste no Detran.

Caso você tenha algum tipo de problema visual que seja apontado no exame oftalmológico, constará na sua CNH um aviso de que você necessita utilizar óculos ou lentes de contato para conduzir o veículo.

Por isso, é importante se preparar cerca de 3 meses antes do exame. Com apenas exercícios oculares relaxantes é possível trabalhar o foco e estimular a visão periférica.

Também é recomendado que faça exames oftalmológicos regularmente, já que os exames do Detran não são completos. Compartilhe as dicas e boa sorte com a sua CNH!