Quantas vezes pode reprovar na prova prática do DETRAN?

Quantas vezes pode reprovar na prova prática do DETRAN? Não há limite de vezes dentro de um ano, que é o tempo que vale um processo de retirada de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao ser reprovado, o candidato pode marcar novamente a prova em um prazo de quinze dias. Esse processo é chamado de reteste. Cada vez que é remarcado, é preciso pagar uma taxa pelo exame.

Como é a prova prática do DETRAN?

Apesar de não ter um número exato de quantas vezes pode reprovar na prova prática do DETRAN, não raro, a última etapa do processo de retirada da CNH é também a mais temida, o que faz com que muitos candidatos se sintam pressionados e acabem errando detalhes por conta do nervosismo e ansiedade.

A prova prática é realizada após o curso prático de direção veicular, que deve ter o mínimo de 25 horas/ aula. No exame prático o avaliador leva em conta a habilidade e tranquilidade para dirigir do futuro condutor.

É nesse momento que vai ser cobrado tudo que foi aprendido no curso tanto no teórico quanto prático. É preciso mostrar que você consegue ser calmo e responsável nas ruas.

O curso é feita em um veículo de aprendizagem, ou seja, pertencente à autoescola. Alguns estados também se utilizam de aulas em simuladores.

Quantas vezes pode reprovar na prova prática do DETRAN

O Art. 16 do Código de Trânsito Brasileiro determina que o exame para a retirada na CNH na categoria B se divida em duas etapas, que são:

  1. Estacione em vaga delimitada por balizas removíveis;
  2. Conduza o veículo em via pública, urbana ou rural.

Na primeira fase, o candidato tem três tentativas para estacionar o veículo na área delimitada por balizas removíveis. O tempo máximo para os candidatos fazerem a baliza é entre dois a cinco minutos.

Caso não cometa nenhuma falta eliminatória nesse início, o candidato vai para a segunda etapa, feita na rua, para que o avaliador analise o conhecimento de legislação na prática. Nessa etapa está incluso fatores como a observação dos semáforos, placas, circulação, conduta, etc.

Para a retirada da CNH há uma lista de faltas eliminatórias que se cometidas reprova o aluno de imediato. Há ainda outras faltas que atribuem pontos no processo. Caso há a soma de mais de três pontos, o aluno também é reprovado.

Vale lembrar que caso seja aprovado para a retirada da CNH, o motorista recebe a Permissão Para Dirigir (PPD), que é um documento provisório que concede autorização para dirigir por um ano. Se após esse período o condutor não comer infrações de natureza grave ou gravíssima ou reincidir em infração média, recebe a CNH definitiva.

Dicas para passar no exame prático do DETRAN

Se você está apreensivo para fazer a a prova prática para tirar a CNH, confira algumas dicas para fazer o exame com maior segurança:

1. Só marque o exame caso esteja confiante e preparado. Caso contrário, pense na possibilidade de fazer mais aulas e pedir dicas para o instrutor;

2. Estude o material didático dado pela autoescola. Nele há as principais lições para ser um bom condutor;

3. Chegue no local da prova com antecedência para não ficar ansioso e nervoso pela possibilidade de não chegar na hora;

4. peça para o instrutor simular a avaliação e falar os pontos que você mais teve dificuldade;

5. Decore os passos da baliza, que vão ser ensinados durante a aula prática. Preste bastante atenção e treine bastante a hora de estacionais o arro.

6. Atente para o tempo que vai fazer a baliza, pois se ultrapassar há eliminação;

7. Tente ficar calmo no momento da prova. Pense que tudo que será cobrado já foi amplamente treinado por você antes.

Mesmo sabendo que não há limite de quantas vezes pode reprovar na prova prática do DETRAN, vale ressaltar que cada vez que o processo é remarcado tem um custo. Além disso, é preciso esperar 15 dias para uma nova remarcação. Caso ultrapasse o prazo de um ano, é preciso iniciar outro processo, já que a validade é de 12 meses.