Pneus novos na frente ou atrás?

Ao comprar dois pneus novos para seu veículo, sempre surge a dúvida: Pneus novos na frente ou atrás?

Para responder essa pergunta, é preciso saber como funciona o desgaste dos pneus.

A tração do motor é, na maior parte dos veículos, transmitida para os pneus dianteiros. Por este motivo, a força de frenagem é trabalhada nos pneus da frente, o que faz com que eles gastem mais rapidamente que os pneus traseiros.

Além disso, os pneus dianteiros é que guiam o veículo nas curvas, causando o desgaste mais acelerado a partir da banda de rodagem.

Sabendo disso, é importante você fazer o rodízio dos jogos de pneus regularmente para que todos desgastem de forma semelhante.

Motoristas que não realizam o rodizio dos pneus, na grande maioria das vezes, observam que os pneus da frente estão completamente carecas enquanto que os traseiros ainda estão na metade de sua vida útil.

Pneus novos na frente ou atrás

Se os pneus dianteiros desgastam mais rapidamente, eles devem ser trocados primeiros?


Sabendo que o desgaste é mais forte nos pneus da frente, muitos acreditam que eles devem ser os primeiros a serem trocados ou ainda quando eles estão carecas precisam ser substituídos por novos rapidamente.

Esta parece à resposta óbvia para a pergunta: Pneus novos na frente ou atrás?, não é mesmo?

Mas, não é isso que realmente deve ocorrer, pois se você comprar só dois pneus novos, o mais adequado é colocar na traseira do carro.

Os pneus que estavam na traseira e ainda possuem vida útil devem ser transferidos para frente do veículo.

A explicação é que os pneus novos na parte traseira ajudam o condutor a manter um controle melhor do veículo em situações de pista molhadas.

Isso ocorre, pois os pneus que estão novos escorrem melhor a água por entre os canais centrais e sulcos, diminuindo assim as chances de aquaplanagem.

Se apenas os pneus da frente começarem a aquaplanar, há o que é chamado de subvirage, que é quando os pneus dianteiros responder de forma não tão satisfaria, o que faz com que o carro faça curva mais aberta do que o motorista deseja.

Um exemplo disso é quando você precisa fazer uma curva, mas o carro continua indo em linha reta ao invés de fazer a curva.

Em casos de subvirage, o motorista deve tirar o pé do acelerador para ter mais controle sobre o carro.

Se os pneus mais novos estiverem na frente, pode ocorrer a sobrevirage, que é quando os pneus traseiros começam a aquaplanar.

A sobrevirage é mais grave, pois pode fazer com que o carro gire de forma aguda ao tentar fazer uma curva. Isso porque, os pneus traseiros vão estar sem tração que permitem o carro rotar, pois estarão com menos borracha para escorrer a água.

Esta é uma situação muito perigosa e difícil de controlar, sendo a causa de muitos acidentes fatais todos os anos.

Por isso, a resposta para a pergunta “Pneus novos na frente ou atrás?” é que para evitar situações de riscos em caso de aquaplanagem o mais recomendado é colocar os pneus novos sempre atrás.

Além disso, é fundamental manter o jogo de pneus sempre nas melhores condições, fazendo o alinhamento e balanceamento sempre que houver necessidade e também o rodízio do jogo.

Dessa forma, você vai dirigir com mais segurança tanto para si e para os passageiros que estiverem no carro com você quanto para todos os envolvidos no trânsito.

Por isso também é fundamental seguir e conhecer as leis de segurança do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) no que diz respeito à vida útil dos pneus.

O Art. 230 do CDB diz que conduzir veículos em mau estado de conservação, o que inclui pneus ruis, é considerada infração grave com 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23.

Vale a pena ler também: