Mudança de categoria CNH D para E

Você tem dúvidas de como fazer a mudança de categoria CNH D para E? Neste texto vamos falar sobre isso!

A categoria E é a habilitação para dirigir carretas, o que inclui a combinação de veículo na qual a unidade tratora se enquadra nas categorias B, C ou D. Contudo, o reboque, unidade acoplada, semirreboque, articulada ou trailer tenha 6.000 kg ou mais de peso bruto total ou ainda que a lotação exceda oito lugares.

Para fazer a mudança de categoria de sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é primordial que o documento esteja em situação regular e dentro do prazo de validade.

O condutor que deseja ser habilitado na categoria E, é essencial ter mais de 21 anos e estar há pelo menos um ano habilitado na categoria C ou D.

Vale ressaltar que para ter a categoria D na CNH, o motorista precisa estar habilitado há pelo menos dois anos na categoria B ou no mínimo um ano na categoria C.

Para fazer a mudança para qualquer categoria, é imprescindível também que o condutor não tenha cometido, durante os últimos doze meses, nenhuma infração de natureza grave ou gravíssima ou ainda ser reincidente em infrações médias.

Como fazer a mudança de categoria de D patra E

Para fazer a mudança de categoria CNH D para E, o condutor precisa seguir os seguintes passos:

  • Ir até o DETRAN de seu estado e solicitar a mudança (em alguns casos é preciso fazer o agendamento no site) para fazer a solicitação de mudança de categoria;
  • Levar o original e cópia do RG, CPF, CNH e comprovante de residência;
  • Marcar os exames médico, psicotécnico (para a inclusão da EAR – Exerce Atividade Remunerada) e toxicológico;
  • Cumprir a carga horária de 20 horas/ aulas de direção na categoria E;
  • Ser aprovado no exame de direção veicular.

Os exames necessário para a mudança de categoria de D para E

Para a mudança para a categoria E é preciso fazer o exame médico/ psicotécnico e depois o exame toxicológico em uma clínica credenciada ao Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). Esses exames são os mesmos feitos na retirada da primeira

O exame toxicológico é feito para que se detecte o consumo de substâncias psicoativas e drogas ilícitas, já que se compreende que o consumo e uso frequente dessas substâncias possuem grande influência no trabalho de motoristas de cargas pesadas e são fator de risco para acidentes graves.

A janela de detecção do exame é de 90 dias antes da coleta e pode ser feito com cabelo (pelo menos 3,8 cm), pelos ou raspas de unhas.

São pesquisadas 12 drogas e e seus derivados, de acordo com a Lei Federal 13. 103/ 2015.

São elas: anfepramona; anfetaminas; cocaína; codeína; ecstasy; femproporex; heroína; metanfetaminas; maconha; morfina; manzindol e oxicodona.

As aulas e exame práticos para a mudança de categoria

Ao receber a aprovação nos exames médicos, o condutor precisa fazer 20 horas/ aulas obrigatórias para a mudança de categoria.

Após a conclusão das aulas, o candidato pode fazer a marcação do exame de direção veicular. Em caso de ser reprovado, o aluno pode remarcar o exame após 15 dias para tentar novamente a mudança de categoria.

Quanto custa para fazer a mudança da categoria D para E

Os custos variam, pois as taxas do DETRAN, bem como as aulas práticas oferecidas na autoescola variam de preço a depender do estado.

Em geral, as taxas do DETRAN ficam em torno de R$ 500,00. O exame toxicológico R$ 220,00 e o curso prático na autoescola R$ 1750,00.

A depender da atividade profissional que o motorista for exercer pode ser necessário fazer um curso especializado para condução.

Um caso em que o curso é requerido é quando o motorista trabalha com a carga de produtos perigosos.

Conseguimos tirar suas dúvidas sobre mudança de categoria CNH D para E? Recomendamos pesquisar bastante a autoescola para conseguir melhores preços e condições de pagamento.

Vale a pena ler também: