Fui reprovado no exame psicotécnico do Detran

Fui reprovado no exame psicotécnico do DETRAN. E agora? É possível fazer de novo? Neste texto iremos responder todas as suas dúvidas.

O exame psicotécnico do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) tem por objetivo fazer a avaliação da capacidade lógica, discurso e memória do motorista.

O teste é agendado nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) após o candidato pagar uma taxa.

No exame é feito uma espécie de teste de personalidade para que se verifique se você está apto a tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e dirigir com segurança, tanto para si quanto para todos que estão envolvidos no trânsito.

Normalmente, são realizados entrevistas e testes de avaliações psicológicas, que devem seguir as normas do Conselho Federal de Psicologia (CFP).

Estas normas ressaltam que para a aplicação de qualquer avaliação psicológica, é necessário que os testes sejam claros e objetivos e inspire tranquilidade para que o candidato não fique ainda mais tenso com a avaliação;

fui reprovado no exame psicotécnico do Detran

Dicas para fazer o exame psicotécnico


O psicólogo não pode definir se o motorista está apto à dirigir só de olhar para ele. Por isso, são necessários testes e o estudo das respostas.

Assim, no teste que avalia a personalidade não há respostas certas ou erradas, já que o objetivo é medir traços que podem interferir em uma direção segura, como impulsividade, instabilidade emocional e ansiedade.

A seguir, confira dicas para se sair bem no exame psicotécnico:

  1. Seja autêntico

É importante responder as perguntas de forma sincera e com calma. Não tente mostrar perfeição demais, pois você pode correr o risco de apresentar inconsistência e até mesmo dissimulação.

É imprescindível também não tentar copiar as respostas de ninguém, pois é seu perfil que está sendo traçado e a avaliação ficará comprometida se você copiar de outra pessoa.

  1. Vá descansado

É importante ter uma boa noite de sono e estar descansado de sono para conseguir prestar bastante atenção nas orientações do psicólogo.

Se você for fazer o teste cansado, certamente isso irá influenciar em seu desempenho.

É importante também está alimentado e hidratado, pois a fome e a sede também acabam interferindo no raciocínio lógico.

  1. Faça exercícios de respiração

Se estiver muito ansioso, exercícios de respiração ajudam a acalmar e controlar a ansiedade e estresse.

Inspire o ar pelo nariz e solte lentamente pela boca até se sentir mais calmo.

  1. Exercite o cérebro

Atividades que exercitem o cérebro como jogos de lógica, palavras-cruzada, leitura, sudoku e entre outros ajudam a exercitar a mente e  desenvolver o raciocínio lógico.

Com isso, você vai ficar mais seguro na hora de fazer o teste.

O que fazer quando há reprovação no teste psicotécnico


Fui reprovado no exame psicotécnico e será que tenho algum problema? Esta é uma pergunta comum, pois ainda hoje há o estereótipo de que quem é reprovado no exame psicotécnico possui algum tipo de problema mental.

Mas, o que muita gente não sabe é que não é raro os candidatos à habilitação serem reprovados no teste psicotécnico.

De acordo com a avaliação, o Art. 9º do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), o resultado da avaliação possui três conceitos, que são:

  • apto: aprovado e apresenta o desempenho esperado para a condução do veículo automotor;
  • inapto temporário: apresenta desempenho condizente para a condução de veículos automotores. No então, é preciso adequação;
  • inapto: não apresenta desempenho condizente para a condução de veículo automotor.

No caso de receber o resultado inapto (temporário ou não), há a possibilidade de pedir uma reavaliação.

Segundo o Art. 11 da Resolução nº 425 do CONTRAN, o candidato que receber o resultado de inaptidão tem até 30 dias para solicitação uma nova avaliação de uma Junta Psicológica.

Como vimos, ser reprovado no exame psicotécnico não é o fim do mundo e você não deve ficar pensando coisas do tipo “fui reprovado no exame psicotécnico do DETRAN por ser incapaz”.

Atente para as nossas dicas e se prepare para o próximo exame!

Vale a pena ler também: