Como dirigir a noite?

O medo de dirigir quando escurece é umas das fobias em frente ao volante mais comuns no mundo do trânsito. Seja devido ao medo de lidar com os motoristas que aproveitam a escuridão para exceder os limites ou até mesmo pela visibilidade que se torna comprometida, o fato é que muitos condutores possuem dúvidas de como dirigir a noite.

O medo é normal, mas deve ser superado. Afinal, encarar as ruas de noite pode ser uma tarefa tão tranquila quanto de manhã, basta lembrar de redobrar a atenção, permanecer tendo cautela, seguindo o que é estipulado pelas leis de trânsito. Quer dicas que funcionam sobre como dirigir a noite? Então continue lendo.

Como dirigir a noite

5 dicas úteis de como dirigir à noite


1 – Em caso de dúvidas, ligue o farol: Seja nas ruas da cidade ou nas estradas, na hora em que a tarde vai dando espaço à noite e o céu escurecendo em partes há um momento onde nem todos os carros acendem os faróis. Entretanto se você notar que a claridade já não é a mesma e que o céu está escurecendo, mesmo que pouco, opte por ligar os faróis.

Mesmo eles não sendo tão necessários para se veja a rua ao entardecer, os outros motoristas enxergarão o seu carro com mais facilidade.

2 – Preste atenção na velocidade: Para quem está começando a dirigir à noite uma dica muito válida é diminuir um pouco a velocidade em relação ao que é feito durante o dia. Como a visibilidade diminui, mesmo nas vias bem iluminadas, o cérebro de um iniciante pode levar mais tempo para enxergar e reagir a problemas do trânsito, sejam pedestres e animais no caminho, acidentes e demais obstáculos.

Como não é possível controlar quais situações aparecerão durante a sua viagem, é mais inteligente controlar a sua direção. Vá mais devagar, dê a você mesmo o espaço e tempo para reagir a coisas inesperadas.

3 – Faça pausas para que o cansaço não vença: Da mesma forma que é importante estar ligado em outros motoristas que podem estar fadigados, também é preciso controlar a própria fadiga, que pode causar os mesmos problemas de quando se está bêbado, até porque nesse momento o tempo de reação e a percepção com o que acontece do lado de fora é menor.

Para evitar essa situação procure certificar frequentemente o seu nível de cansaço, faça pausar para comer, se exercitar e depois buscar a concentração para a volta a viagem.

4 – Mantenha os olhos em constante movimento: Viajar quando escurece é as vezes a melhor opção de fugir do trânsito, entretanto esse pode ser um desafio para quem tem medo da direção durante à noite. Para permanecer concentrado na viagem, treine o seu olho para continuar se movendo enquanto dirige.

Verifique toda a parte da frente da estrada, sem se esquecer de verificar os espelhos e dar uma olhada, sempre que possível, nas margens da estrada. Tudo isso é importante para se proteger de possíveis riscos, enquanto verifica o ambiente ao redor.

Um erro muito frequente dos motoristas é se concentrar apenas na linha que divide o meio da pista, e essa não oferece informações visuais importantes e também podem “hipnotizar” o motorista, o deixando menos atento.

5 – E o sinal vermelho? Essa dica é uma das mais polêmicas entre as dadas para como dirigir a noite, mas deve ser compartilhada, não é? Em algumas cidades os faróis são desligados em determinados horários. Em alguns pontos de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, isso acontece, mas em outros a ultrapassagem pode acarretar em multa.

A dica nesse caso é diminuir a velocidade ao se deparar com o sinal amarelo ou vermelho, dando tempo para a volta da luz verde. Caso tenha que parar, procure obter o máximo de distância do carro a frente, esse espaço pode ajudar no caso de desconfiança de possíveis assaltos, por exemplo.

Vale a pena ler também: