CNH com dados errados: O que fazer?

Pegou sua CNH com dados errados? Veja o que é preciso fazer para a correção.

Ao tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou fazer a renovação, é preciso conferir atentamente as informações para que não haja erros na emissão.

Assim, ao receber o formulário da sua primeira habilitação ou renovação é imprescindível verificar com muita ateção os dados digitados para que não haja erros.

Qualquer omissão ou erro de letra no seu nome, nome dos pais ou na numeração dos documentos pode ser motivo de grande problema.

No caso de informações erradas, o motorista tem duas opções: esperar a próxima renovação para corrigir o erro e, assim, correr o risco da CNH ser invalidada como documento de identificação ou pagar pela alteração de dados e emissão de uma nova CNH, que é o mais indicado.

Como fazer a alteração de Dados da CNH


Ao verificar sua CNH com dados errados ou ainda se desejar fazer a mudança do nome por conta de casamento, divórcio ou reconhecimento de paternidade é preciso fazer a alteração de dados da CNH junto ao Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) ou órgão de trânsito correspondente.

Para isso, deve-se procurar um posto de atendimento do DETRAN, portando o original e cópia dos documentos de RG, CPF, CNH antiga e comprovante de residência.

Para mudança de nome, é necessário que no documento de identificação apresentado (RG, Carteira de Trabalho (CTPS), Passaporte e etc.) já constem os novos dados que irão ser alterados na CNH.

A alteração de dados também pode ser feita quando o cliente precisar incluir ou retirar a observação de EAR (Exerce Atividade Remunerada). Para isso, é preciso que o motorista faça a avaliação psicotécnica requerida pela Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para quem lida com transportes.

Além disso, o condutor tem que pagar o Documento Único do DETRAN de Arrecadação (DUDA) referente a este serviço.

O valor da alteração varia a depender do estado. No Rio de Janeiro, por exemplo, o DUDA para a alteração de dados é no valor de R$ 139,90 e pode ser emitido no site. Já no Pará, o valor para a alteração de dados é no valor de R$ 88,50.

No Rio de Janeiro, se o erro foi cometido pelo DETRAN e reclamado em até 30 dias após o recebimento do documento, o serviço é feito de forma gratuita.

Assim, você pode verificar se o mesmo ocorre no DETRAN de seu estado. Mas, atenção isso só vale se o erro for cometido pelo órgão. Desse modo, é de responsabilidade do motorista conferir todos os dados antes da CNH ser emitida ou renovada.

O documento é recebido no endereço cadastrado ou retirado no posto de atendimento do DETRAN, conforme for mais cômodo para o motorista.

Vale ressaltar que  endereço deve estar constantemente atualizado junto ao DETRAN de seu estado. Assim, se você mudar de domicílio precisa comunicar ao órgão. Este processo  é essencial para que o motorista receba em casa documentos e notificação como as de infração, por exemplo.

A alteração de endereço também pode ser feita no momento da renovação ou alteração de dados da CNH.

E se a CNH for de outro Estado?


Em caso da CNH ser de outra jurisdição e você precisar fazer a alteração de dados, primeiramente é preciso fazer a transferência do documento para o estado que você reside.

Para isso é necessário pagar a taxa de transferência que também varia de acordo com o estado, custando uma média de R$ 150,00.

Agora que você já sabe o que fazer quando a CNH com dados errados, ressaltamos que esse processo não deve ser confundindo com a segunda vida da CNH.

Isso porque, se você solicitar a segunda via vai receber um novo documento com os mesmos dados do anterior.

Vale a pena ler também: